Bons Modos

Como a criança aprende bons modos? Primeiramente por meio da imitação dos comportamentos dos adultos, observando como agem, se alimentam, tratam as pessoas, etc. As regras de convívio social, à mesa, de vestir e até de comportar-se são aprendidas em casa, na família e depois expandindo-se para a Escola e outros ambientes. Tais regras e hábitos são variáveis conforme a cultura do país, da região em que se vive e também das famílias, pois variam de acordo com a origem dos pais.

Desde cedo a criança observa como a mãe e o pai tratam um ao outro, como tratam seus respectivos pais, funcionários e também as pessoas na rua. Observam como comem, o que fazem enquanto se alimentam e se o fazem devagar, depressa, falando ou não. Estão atentos na fila do Banco e do Supermercado e percebem os seus “modelos”. Se oferecem seu lugar a pessoas idosas ou grávidas e se são gentis com o porteiro e a empregada. Escutam atentamente as palavrinhas mágicas dirigidas a eles e aos outros, como: por favor, desculpe, obrigada, com licença.

Então, logo que aprendem as primeiras palavras, poderão dizer as palavrinhas mágicas, de forma espontânea e adequada. É importante que os pais ensinem e corrijam, mas cuidem de não envergonhar a criança na frente de outras crianças ou adultos. Lembrem-se : educa-se em casa, fora de casa devemos corrigir os erros com cautela e delicadeza. Faz parte cuidar do tom de voz, pois não é agradável ouvir uma criança, e muito menos um adulto, gritando ao solicitar algo.

Selecione um comportamento de cada vez, lembrando a criança sempre que possível. Assim que este comportamento estiver assimilado, passe para o próximo, reforçando os bons comportamentos sempre. É sempre bom lembrar que ensinar bons hábitos é difícil, mas eliminar maus hábitos é muito pior.

 

Psic. Maria Helena Jansen De Mello Keinert – CRP 08/01252.

Copyright 2017 •